Gestão

6 vantagens de utilizar ferramentas de Inteligência Competititva

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Certamente, as ferramentas de Inteligência Competitiva (“dados”) são essenciais para as empresas que querem ser mais competitivas e faturar mais.

Com elas, é possível analisar os dados produzidos pelas companhias, ter uma série de insights e embasar com informações concretas as tomadas de decisões.

Uma coisa é certa: por essa série de benefícios, investir em inteligência de dados é uma forte tendência que será adotada, cada vez mais, com frequência pelas empresas.

Se você ainda tem dúvida de quais são as vantagens de começar a usar essas ferramentas, confira abaixo 6 pesquisas e dados internacionais que falam sobre os ganhos trazidos por ferramentas de Inteligência Competitiva.

6 pesquisas que falam sobre os ganhos trazidos por Inteligência Competitiva:

O ROI para empresas que utilizam Inteligência Competitiva é de 10.000%

Ferramentas SIC (Softwares de Inteligência Competitiva) é um investimento que retorna para os negócios. Uma pesquisa feita pela Nucleus Research, companhia líder em análises de ROI, mostrou que as empresas têm um retorno de 10,66 dólares para cada dólar gasto com Inteligência de Dados.

58% dos líderes acreditam que investir em Inteligência Competitiva é fundamental para a inovação

Assim, inovar é preciso para se destacar em meio a um mercado extremamente competitivo. Uma pesquisa feita pela Thought Spot, empresa internacional de BI, demonstrou que 58% dos líderes das empresas acreditam que os relatórios fornecidos pelas ferramentas de Business Intelligence são o insumo mais forte para a inovação nos negócios.

Isso porque, ao saber exatamente em qual situação a empresa se encontra, é mais fácil e garantido encontrar quais são as soluções que realmente vão funcionar para os desafios propostos.

46% das pequenas empresas utilizam Inteligência na Nuvem

Desse modo, as informações disponibilizadas na nuvem são muito importantes, principalmente para os pequenos negócios. Uma pesquisa realizada pelo BI Leadership Forum mostrou que mais de 46% das pequenas empresas utilizam constantemente essa ferramenta como parte das suas estratégias de Business Intelligence.

Um outro estudo desenvolvido pelo Dimensional Research mostrou que 80% das empresas que usam ferramentas de Inteligência na nuvem estão “altamente satisfeitas” ou “satisfeitas”.

¾ das empresas que não utilizam ferramentas de Inteligência Competitiva são negativamente impactadas

Dessa maneira, empresas que não utilizam Business Intelligence são negativamente impactadas. Análises feitas manualmente consomem tempo desnecessário dos funcionários e podem gerar erros.

De acordo com a Info Tech, empresa de pesquisas de TI, 74% das companhias vão ter algum tipo de impacto negativo se não adotarem ferramentas de Inteligência (vão cometer decisões errôneas e atrasadas, perderão clientes, diminuirão as vendas, etc.).

Porém, se adotarem ferramentas, podem reverter esse quadro, ter mais eficiência nos negócios e sair na frente das outras empresas.

Empresas que analisam seus dados têm 5 vezes mais capacidade de tomar decisões rápidas

Para uma empresa tomar uma decisão importante, uma série de fatores devem ser analisados.

Porém, com a enorme quantidade de informações geradas diariamente, fazer essas análises pode ser demorado.

Empresas que querem ter assertividade precisam de ferramentas para agir rapidamente.

Nati Shalom, CTO da GigaSpaces, afirma que saber analisar os dados rapidamente faz com que empresas inovadoras ganhem vantagem competitiva.

O Software Mercafácil é uma alternativa para atingir esse objetivo.

Para você ter uma ideia, companhias que usam têm 5 vezes mais capacidade de tomar decisões rápidas.

A adoção de ferramentas como as de BI e SIC vão aumentar 30% até 2018

Os benefícios do uso de SIC (Software de Inteligência Competitiva) vão ficar cada vez mais evidentes, e consequentemente o número de empresas adotando essas ferramentas irão aumentar.

A companhia de consultoria empresarial A.T. Kearney fez uma previsão de que até 2018 a adoção desse tipo de ferramenta (BI, Big Data, SIC, hardwares e softwares) vai crescer 30%.

Só em 2013, as empresas investiram mais de 14 milhões de dólares em Inteligência de Dados, 8% a mais do que no ano anterior.

Assim, adotar ferramentas que ajudam a analisar os dados da empresa é uma tendência que, mais cedo ou mais tarde as empresas vão adotar.

Portanto, a dica para as companhias que querem sair na frente é adotar o quanto antes ferramentas de Inteligência Competitiva.

Com elas os gestores poderão tomar decisões baseadas em informações concretas, e sair na frente da concorrência.

Co-Fundador e Diretor Executivo da Mercafácil. Graduado em Engenharia Mecânica com pós-graduação em Engenharia de Negócios e MBA's nas áreas de Orientação de Mercado na ESADE Business School, em Barcelona, e Inteligência de Negócio e Análise de Dados pela Universidade Positivo.

Write A Comment