Marketing

Como usar as notificações push no varejo de forma eficaz

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Você sabe como utilizar as notificações push no varejo? Simples, de rápida leitura e altamente efetivas, essas notificações podem ser poderosas na hora de aumentar o engajamento e manter-se sempre na cabeça do consumidor.

Vale sempre lembrar que, quem não é visto, não é lembrado. E com as notificações pushs, você será mais visto pelos seus clientes. Ótimo, não é mesmo?

Quer saber mais sobre o que são as notificações push? E, mais do que isso, como acrescentá-las na sua estratégia de marketing? Então acompanhe nosso texto e veja como acrescentar essa forma de comunicação na sua estratégia.

O que são as notificações push? 

Sabe quando você recebe alguma notificação de algum aplicativo diretamente na tela do seu smartphone? Pois bem, isso é uma notificação push. 

Normalmente, o objetivo do push é alertar sobre algo importante. Pode ser uma promoção imperdível, um cupom de desconto, uma atualização no aplicativo, um lembrete de data, um “sentimos a sua falta”, e assim por diante. Ou seja, as possibilidades das notificações pushs são infinitas. E no varejo não poderia ser diferente. 

O lado bom dessas notificações é que, quando bem utilizadas, elas permitem que quem a recebe mantenha-se engajado com a marca em questão de segundos. Assim, é uma forma de garantir que a sua empresa esteja em contato com o cliente de maneira rápida e eficaz.

Porém, para saber como utilizar as notificações push no varejo de maneira assertiva, é importante conhecer algumas das suas particularidades. 

Como utilizar as notificações push no varejo?

O primeiro passo para pensar na hora de utilizar o push no varejo é lembrar-se de que: as mensagens via push são curtas. E, mais do que isso, devem causar um senso de curiosidade, urgência e atenção.

Por isso, é de extrema importância definir com antecedência qual será o conteúdo das mensagens enviadas pelo seu supermercado. E, mais do que isso, o objetivo de cada uma delas.

Tendo isso em mente, podemos seguir em frente com boas dicas na hora de enviar suas notificações. 

Segmente os contatos

Para você fazer uma comunicação assertiva, seja com quem for, é fundamental que você saiba com quem está falando, certo? Por isso, conhecer cada um dos seus clientes e fazer uma boa gestão deles é tão importante. Com isso, você poderá fazer uma segmentação poderosa na hora de enviar as notificações push no varejo. Elas podem ser segmentadas por:

  • Localização geográfica;
  • Sexo;
  • Idade;
  • Interesse;
  • Histórico de compras, e mais.

Para pessoas que já compraram cervejas anteriormente no seu supermercado, você pode enviar uma push com uma ótima promoção no setor. A chance de essa pessoa, que já tem o hábito de comprar cervejas, visitar a sua loja/comprar online e aproveitar a promoção é muito maior. Compreende?

Esse cuidado com a segmentação é essencial para você entregar a oferta certa, para o cliente certo, na hora certa. 

Mande as notificações push no varejo com um toque pessoal

Se você já recebeu notificações push, sabe que várias delas costumam ter um toque pessoal, certo? Às vezes, as notificações push no varejo são direcionadas que incluem até mesmo o nome do cliente. 

Entretanto, além disso, elas também ajudam a incorporar e a fazer recomendações personalizadas de cada consumidor. Por isso, batemos na tecla citada no tópico anterior: conheça muito bem o seu cliente na hora de enviar notificações push. Assim, você não irá “queimar” este canal e, muito pelo contrário, poderá ter um público ainda mais engajado, aumentando suas vendas e ticket médio.

Ademais, falando em queimar o canal…

Cuidado com o exagero! 

Ninguém gosta de ser bombardeado o tempo todo por uma empresa, mesmo que seja com promoções ou informações relevantes. Por isso, na hora de pensar na sua estratégia para as notificações push no varejo, leve em consideração:

  • O conteúdo relevante, que realmente vai atrair a atenção do seu cliente de maneira positiva;
  • A forma que você irá priorizar as mensagens que serão enviadas via push. 

O ideal é que toda vez que o seu cliente receba uma mensagem da sua marca ele fique satisfeito com o que foi dito. Por isso, por mais que o conteúdo da mensagem push seja curto, ele deve ser feito com cuidado e maestria.

Teste horários e mensure resultados

Quais notificações enviadas trouxeram mais resultados? Qual era o conteúdo delas, em qual dia da semana e em qual horário foram enviadas? É importante manter o acompanhamento dessas métricas.

Assim, você saberá o que está funcionando na sua estratégia e o que precisa ser mudado. Porém, lembre-se que essa é uma forma de comunicação dinâmica e está sempre sujeita à mudanças. Por isso é essencial manter o acompanhamento sempre em dia. 

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a estratégia das notificações push no varejo?

A tecnologia está em franco desenvolvimento e, aderir a estas novas formas de se comunicar com o seu cliente pode ser importante para o seu varejo não “ficar para trás”.

Pense bem:

Se você e o seu concorrente estão com um produto pelo mesmo preço – quem sabe, o seu está até alguns centavos mais barato, – mas o seu cliente recebe apenas um push do seu concorrente, informando sobre o desconto… A chance é de ele ir em qual supermercado? Isso mesmo, na concorrência.

Porém, lembre-se que o push não é apenas uma estratégia de venda, mas sim de marketing e de comunicação pessoal com o seu público.

Se você está em busca de aderir a esta tecnologia no seu negócio, lembre-se do quanto é importante fazer uma boa segmentação dos seus clientes. E é para isso que nós estamos aqui. Marque agora mesmo uma reunião gratuita com um dos nossos especialistas e surpreenda-se com as nossas soluções.

Hoje, mais de 1400 lojas ao redor do país já contam com a plataforma da Mercafacil para fazer uma gestão de clientes mais completa e assertiva. Que tal o seu varejo ser o próximo?

Jornalista graduada pela PUC-PR. Analista de Marketing com foco em produção de conteúdo estratégico na Mercafacil.

Write A Comment