Oportunidades

6 dicas para aproveitar a Black Friday no varejo

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Você sabe como aproveitar a Black Friday no varejo?

A data, que se tornou uma das mais aguardadas pelos consumidores brasileiros nos últimos anos, tem tudo para aquecer as suas vendas e ajudar o seu negócio a aproximar-se ainda mais dos clientes.

Comemorada sempre na última sexta-feira de novembro, a Black Friday é conhecida por oferecer promoções agressivas e trazer ofertas quase que inacreditáveis.

Ainda, dependendo do seu objetivo, a Black Friday no varejo pode ser estendida por outros dias – durando uma semana inteira, por exemplo – e chegar até a segunda-feira seguinte, quando é comemorada a já tradicional “Cyber Monday” – evento promocional que acontece sempre na segunda-feira após a Black Friday.

Seja qual for a sua escolha, o importante é não deixar essa poderosa data passar em branco.

Assim, para te ajudar a tirar maior proveito da Black Friday no varejo, preparamos algumas dicas imperdíveis para os supermercados. Confira e comece a planejar-se para esse acontecimento com antecedência!

6 dicas para aproveitar a Black Friday no varejo e aquecer as vendas

1. Conheça seus clientes e prepare o seu estoque

O primeiro passo para você acertar em cheio nas suas ofertas, seja na Black Friday ou em qualquer outra ocasião, é: conhecer muito bem o seu cliente. E conhecê-lo com base em dados, não em achismos.

Por isso, pode ser muito importante você contar com uma plataforma de CBM completa – como a da Mercafacil, – para você passar a ter informações detalhadas sobre o comportamento de consumo dos seus  fregueses.

Com esses dados e de olho nas tendências de mercado, você passa a ter maior respaldo para planejar-se e organizar o seu comércio para a Black Friday. Afinal, sabendo quem são os seus clientes, é possível preparar o seu estoque para a data, investindo nos produtos que são os “queridinhos” – ou o “sonho de consumo” – dos seus consumidores.

2. Faça ofertas diferenciadas, dignas de Black Friday

A Black Friday no varejo não é um dia qualquer. Ela é “A” Black Friday. Dessa forma, é essencial que você ofereça ofertas, campanhas e ações imperdíveis, que sejam dignas de Black Friday. 

E na hora de definir quais serão essas ações, você pode usar e abusar da sua criatividade. 

PS: Sempre, é claro, levando em consideração o histórico de compras dos seus clientes e tendo conhecimento das ações que trazem mais resultados para o seu supermercado. 

Alguns exemplos de ofertas que você pode aderir na sua loja são: 

Dia do preço fixo

Que tal selecionar algumas mercadorias da sua loja e comerciá-las por R$ 1,00? Para divulgar isso, crie um encarte especial para esse dias além de, é claro, apostar nos demais canais de divulgação e comunicação para compartilhar essa ação.

Ofertas progressivas

Ótimas para aumentar o ticket médio nas vendas, as promoções com ofertas progressivas podem ser excelentes para aquecer a Black Friday.

Se você tem um software de gestão de clientes, basta acessar a página de produtos mais consumidos da sua loja e planejar os descontos. Caso ainda não tenha uma ferramenta dessas, uma dica é focar nos produtos da curva A para criar as ofertas progressivas.

A ideia é simples: quanto mais do mesmo item o cliente levar, maiores serão os descontos que ele vai receber. Por exemplo:

  • 2 itens – 10% de desconto
  • 3 itens – 15% de desconto
  • 4 itens ou mais – 20% de desconto

Kits de produtos

Outra dica para aquecer as vendas do seu varejo na Black Friday é apostar em kits e/ou combos de produtos. Para isso, você pode:

  • Entrar em contato com seus fornecedores e pedir amostras e brindes, como copos e potes, por exemplo;
  • Criar promoções de venda casada de itens relacionados, como “Compre a cerveja de tal marca e por mais R$2,00 leve um pacote de salgadinho”;
  • Unir produtos que não estão saindo tão bem em kits promocionais de “Leve 3, pague 2”. 

Esses são alguns exemplos de ações que podem ajudar no aumento do faturamento do seu varejo.

Ofertas relâmpago

Para aproveitar ainda mais a Black Friday você também pode fazer ações de “ofertas relâmpago” ou seja, que não são anunciadas com tanta antecedência. 

Esse tipo de ação ajuda a criar um senso de urgência no seu consumidor, estimulando-o a levar o produto naquele momento. 

Para divulgar as “ofertas relâmpago”, você pode fazer com que, a cada uma, duas, três ou quatro horas, por exemplo, novos produtos entrem em oferta – e permaneçam no preço promocional apenas por esse período pré-estipulado. 

Ademais, essas ofertas podem ser postadas nas suas redes sociais e, se você tiver um ecommerce, também podem ser divulgadas por este canal. 

Apenas garanta que você esteja tanto com o estoque preparado para essa ação quanto com uma equipe bem treinada, garantindo que o valor do produto ofertado esteja correto na hora de passar no caixa.

Frete e/ou entrega grátis 

Neste ano a maneira de fazer compras foi alterada. Porém, isso não significa que o seu varejo não possa adaptar-se a esta tendência. 

Assim sendo, que tal buscar por soluções de frete e/ou entrega grátis para os clientes que fizerem compras por canais remotos? Ainda, você pode pensar em promoções exclusivas para esses canais virtuais, estimulando o consumidor a utilizá-los na hora das compras.

3. Valorize os seus melhores clientes

Aqueles que são os seus melhores clientes durante o ano todo podem ser “presenteados” durante a Black Friday.  

Para descobrir quem são eles, utilize o seu software de Gestão de Clientes e, então, basta criar um encarte exclusivo, que ofereça ofertas diferenciadas em vários setores da sua loja. Esse encarte pode ser enviado via SMS, com uma mensagem do tipo: 

“Chegou a Black Friday no [NOME DO SUPERMERCADO]. Como você sempre faz suas compras aqui, preparamos promoções exclusivas para você. Confira! [link para o encarte]. Promoções válidas somente hoje.”

4. Busque reaproximar-se dos seus clientes inativos

Além de valorizar os seus melhores clientes, a Black Friday no varejo também pode ser uma excelente época para você reativar os clientes inativos. Ou seja, aqueles que não compram na sua loja há mais de 30 dias.

Da mesma forma que você utilizou o seu software de gestão de clientes para buscar pelos seus melhores fregueses, chegou a hora de utilizá-lo para identificar os consumidores inativos. 

E, para atrair novamente esses clientes para a sua loja, você pode verificar o histórico de compras deles e mandar promoções exclusivas. Por exemplo:

“[Primeiro nome], estamos sentindo a sua falta. Confira as ofertas exclusivas que preparamos para você aproveitar a BLACK FRIDAY aqui: [link para ofertas]. Preços válidos até [inserir a data]”.

5. Faça parcerias valiosas com fornecedores

Acima, já citamos brevemente que você pode entrar em contato com seus fornecedores para que eles forneçam brindes e amostras para você disponibilizar aos seus clientes.

Porém, mais do que isso, é interessante contar com fornecedores e parceiros que entendam a importância da Black Friday e estejam preparados para lidar com a demanda e com o estoque dos produtos. 

Eles precisam entender que pode existir a necessidade de repor mercadorias mais rápido que o normal, caso elas acabem antes do previsto. Afinal, se o consumidor vai até a sua loja e não encontra o que procura, seja na Black Friday ou em qualquer outro dia, ele terá a sua experiência de compra prejudicada. 

6. Comunicação personalizada para a data 

O marketing e a comunicação devem estar mais do afiados para que o seu supermercado se saia bem na Black Friday! Por isso, além de oferecer promoções imperdíveis, você deve saber como divulgá-las de forma eficiente. 

Como o foco dessa data é o preço baixo, dê bastante ênfase a isso. Aposte em uma linha visual específica para a Black Friday, caprichando nos encartes na loja física e em postagens nas redes sociais. Além de, é claro, não deixar de lado os canais de comunicação mais pessoais, como o e-mail e SMS.

Valorize as ofertas únicas que são feitas nesse período e não tenha medo de usar frases de efeito como:

  • Mês do menor preço
  • Ofertas inacreditáveis
  • Festival Black Friday
  • Preços como você nunca viu antes, entre outros. 

Deixe a sua loja bem sinalizada para a ação. Cartazes na entrada e posicionados em locais estratégicos, dentro do seu negócio, podem ajudar. Além de, é claro, etiquetas maiores, que contenham em destaque a porcentagem de descontos dos produtos ou informações do tipo “De X por Y” e/ou “Comprando esse produto HOJE, na BLACK FRIDAY, você economiza X reais. 

Pronto para aproveitar a Black Friday no varejo?

Com as nossas dicas, você já está mais preparado para aproveitar a Black Friday na sua loja. Para finalizar, lembre-se sempre de:

  • Criar um senso de urgência nos seus clientes, lembrando que esses preços são válidos por pouco tempo;
  • Oferecer ofertas realmente boas e relevantes para o seu consumidor;
  • Preparar e treinar a sua equipe para a data;
  • Garantir que o seu estoque esteja pronto para lidar com a demanda;
  • Divulgar as suas ações de forma adequada.

Por fim, gostou das nossas dicas? Quer conhecer melhor os seus clientes e, a partir de então, desenvolver ações mais assertivas para a Black Friday – e para todos os outros dias do ano? 

Não perca mais tempo e agende agora mesmo uma reunião gratuita com um dos nossos especialistas e saiba como a Mercafacil pode te ajudar nessa missão!

Jornalista graduada pela PUC-PR. Analista de Marketing com foco em produção de conteúdo estratégico na Mercafacil.

Write A Comment