Gestão

4 dicas para armazenar a mercadoria no varejo e diminuir as perdas

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr

Você sabe qual é a melhor forma de armazenar a mercadoria no varejo? Para os proprietários, gerentes e demais profissionais que trabalham em um supermercado, esse é um conhecimento essencial.

Isso acontece porque os supermercados são ambientes que comercializam diversos tipos de produtos. Existem os perecíveis, os que possuem componentes químicos em sua composição, os que precisam ser mantidos em temperaturas baixas, entre outros. 

Assim sendo, saber como armazenar as diferentes mercadorias para evitar o desperdício – tanto de dinheiro quanto de produtos – no seu varejo é fundamental. Para te ajudar nessa missão, preparamos esse texto. Acompanhe! 

Qual a importância de saber como armazenar a mercadoria no varejo?

No tópico acima já falamos brevemente sobre a importância de saber como armazenar a mercadoria no varejo. Porém, existem outros pontos que tornam essa ação ainda mais relevante para o seu negócio.

Quando bem organizados e armazenados, os produtos da sua loja podem ser movimentados com maior agilidade, diminuindo a ruptura das gôndolas e, consequentemente, a frustração dos seus consumidores.

Além disso, essa organização dos itens permite que você tenha um maior conhecimento dos produtos que precisarão ser comprados em um futuro próximo. Ainda, sabe quais são as mercadorias que estão com a data de validade perto do vencimento.

De forma resumida, saber como armazenar a mercadoria no varejo é uma ação que acontece “por trás das câmeras”, mas que influencia em todo o sucesso seu negócio. Para que você saiba como praticar esse cuidado de maneira mais efetiva, preparamos dicas que você pode adotar e desempenhar na sua rotina de trabalho. Confira! 

4 dicas para armazenar a mercadoria no varejo 

1. Organize e padronize (ps: use um check-list para facilitar!)

Primeiramente, o passo inicial para você armazenar a mercadoria no varejo de maneira adequada é manter essa sessão muito bem organizada. Para isso, uma boa ideia é você fazer um check-list, ou seja, uma lista detalhada e frequentemente atualizada dos produtos que você já tem.

Algumas informações que você deverá especificar sobre esses itens são:

  • Data em que foram adquiridos/recebidos na sua loja;
  • Data de validade;
  • Quantidade de produtos;
  • Qual a frequência que costumam ser repostos;
  • Necessitam de cuidados especiais? (Cuidados para empilhar, temperatura que precisam ser mantidos, se há alguma restrição quanto aos componentes, como nos itens inflamáveis, por exemplo), entre outros.

Portanto, devem ser registradas em uma lista todas as informações básicas e relevantes sobre os itens.

Essa lista deve ser padronizada, estar visível para todos que atuam no setor e facilmente compreensível.

Assim, pode ser importante realizar treinamentos periódicos para a sua equipe compreender essas informações e saber a importância desse conhecimento no dia a dia de trabalho. Com o seu time engajado e conhecendo as regras de organização para as mercadorias, será mais fácil garantir um armazenamento adequado e com menos perdas. 

2. Previna as perdas

Seguindo as nossas dicas de organização em controle, você poderá passar para a seguinte etapa, que também é muito importante. Estamos falando da etapa de prevenção de perdas. Ou seja, de evitar o desperdício de produtos.

Vamos pensar juntos: quando você organiza o estoque e armazena corretamente as suas mercadorias, você passa a ter um maior controle sobre o que entra e o que sai da sua loja, certo?

Com esse conhecimento, fica mais fácil na hora de fazer as próximas compras dos seus fornecedores. Afinal, você compreende melhor qual a quantidade ideal de produtos a serem adquiridos.

Produtos que saem com muita rapidez e frequência, por exemplo, podem ser adquiridos mesmo que tenham uma data de validade mais próxima. Normalmente, eles podem ser negociados por valores mais baixos.

Por outro lado, não deixe se enganar por promoções absurdas em itens que não são os “queridinhos” dos seus consumidores. Isso poderá causar prejuízos e aumentar a perda de produtos.

3. Respeite a particularidade das mercadorias

Ademais, no cuidado em armazenar a mercadoria no varejo, é fundamental você conhecer e respeitar as particularidades de cada tipo de produto. Ou seja:

  • Conhecer o limite de empilhamento das embalagens;
  • Manter os produtos com a iluminação, confinamento e temperatura adequadas;
  • Garantir que os itens frágeis estejam acomodados de forma correta;
  • Sinalizar e ter o cuidado devido com os produtos que podem causar problemas quando mal armazenados, como os inflamáveis e os cortantes.

Ter atenção com esses pontos é fundamental para evitar perdas das mercadorias e até mesmo acidentes entre os seus colaboradores ou clientes. 

4. Use a tecnologia a seu favor

Sabemos que aqui no nosso blog nós batemos muito na tecla da tecnologia. Inclusive, já fizemos uma postagem que fala exclusivamente sobre os 5 motivos para investir em tecnologia no seu supermercado. Mas, acredite, não há como fugir dessa realidade.

Isso acontece porque a tecnologia está aqui para facilitar o seu trabalho. Auxiliando a poupar tempo e evitando os erros humanos, os softwares tecnológicos automatizam tarefas e podem garantir que a sua planilha de organização do estoque, e de entrada e saída de produtos, por exemplo, seja atualizada em tempo real.

Também, a tecnologia traz ferramentas excelentes de Gestão de Clientes, permitindo que você conheça cada vez melhor os seus consumidores e, com isso, traga até a sua loja as mercadorias que eles mais procuram.

O resultado? Você pode negociar com os seus fornecedores um melhor preço nesses produtos específicos, evitar perdas e prejuízos para a sua marca. Resumidamente, as ferramentas tecnológicas podem dar um maior controle e segurança para o seu negócio.

Ademais, se no início o investimento em tecnologia parece caro, com o passar do tempo, você compreenderá que esse é um caminho muito importante para a sua empresa crescer.

Saber como armazenar a mercadoria no varejo = menos perdas e mais vendas! 

Como você pôde perceber, preocupar-se com a melhor maneira de armazenar a mercadoria no varejo é um cuidado muito importante para o sucesso do seu negócio. 

Evitando prejuízos e desperdício de produtos, você passa a perder menos dinheiro e, ainda, garante uma loja mais organizada, atrativa para os clientes e que oferece os produtos que eles buscam. 

Gostou de saber um pouco mais sobre esse cuidado que deve fazer parte da sua rotina do supermercado? Então continue acompanhando o nosso blog porque toda semana trazemos novidades do mundo do varejo para você.

Caso esteja em busca de alavancar o seu negócio e garantir clientes mais fiéis à sua merca, agende  agora mesmo uma reunião gratuita com um dos nossos especialistas e saiba como a Mercafacil pode ser sua parceira nessa missão!

Jornalista graduada pela PUC-PR. Analista de Marketing com foco em produção de conteúdo estratégico na Mercafacil.

Write A Comment